sexta-feira, janeiro 16

Em um ano, 60 aeroportos brasileiros terão Wi-Fi grátis




Esperar pelo seu voo pelos aeroportos do Brasil deve ficar um pouco menos incômoda dentro de um ano. Isso porque, até lá, 60 terminais receberão Wi-Fi gratuito, graças a um acordo fechado pela Infraero com a Linktel, que oferecerá a conexão.

O contrato já está em vigência e terá duração de dez anos. Em 17 dos aeroportos já conexão Wi-Fi, mas a estrutura será modificada para que a nova empresa assuma o controle do acesso.

Como já acontece nos aeroportos onde já há Wi-Fi, a internet grátis não será ilimitada. Ao fazer o cadastro, o usuário pode acessar a rede por até 30 minutos sem ter que pagar nada, mas com velocidade restrita; depois disso, para mais 15 minutos de acesso, será necessário responder a uma pesquisa. Se ele preferir, ele pode pagar por mais tempo de conexão e maior agilidade na transferência de dados.

Graças ao novo contrato de concessão, alguns dos terminais já tinham conexão gratuita por apenas 15 minutos também terão os termos de uso atualizado para permitir o novo período de conexão grátis.

Na primeira fase de implantação, que deve durar até 120 dias a partir da vigência do contrato, devem ser atualizados os sistemas dos seguintes aeroportos: Congonhas (SP); Santos Dumont (RJ);  Porto Alegre (RS); Salvador (BA); Recife (PE);  Curitiba (PR); Fortaleza (CE); Manaus (AM); Cuiabá (MT); Pampulha (MG).

Em seguida, depois de até 200 dias da vigência, os seguintes aeroportos devem ser contemplados: Belém (PA); Florianópolis (SC); Goiânia (GO); Vitória (ES); Aracaju (SE); Campo Grande (MS);  Foz do Iguaçu (PR); João Pessoa (PB); Maceió (AL); São Luís (MA); Boa Vista (RR); Palmas (TO); Porto Velho (RO); Rio Branco (AC); Teresina (PI).

Depois, na terceira fase, depois de até 280 dias, os terminais a seguir devem receber o novo Wi-Fi: Londrina (PR); Macaé (RJ); Campo de Marte (SP);  Navegantes (SC); Bagé (RS); Bacacheri (PR); Carajás (PA); Forquilhinha (SC);  Campos (RJ); Altamira (PA); Ilhéus (BA); Imperatriz (MA); Jacarepaguá (RJ); Juazeiro do Norte (CE); Joinville (SC).

Por fim, na última fase, até 365 depois do início do contrato, estes aeroportos já devem ter a estrutura do Wi-Fi funcionando: Campina Grande (PB); Marabá (PA); Montes Claros (MG); Macapá (AP); Parnaíba (PI); Petrolina (PE); Carlos Prates (MG); São José dos Campos (SP);  Santarém (PA); Tefé (AM); Tabatinga (AM); Uruguaiana (RS); Uberlândia (MG); Uberaba (MG); Corumbá (MS); Cruzeiro do Sul (AC); Brigadeiro Protásio/Belém (PA); Pelotas (RS); Ponta Porã (MS); Paulo Afonso (BA).




FONTE: olhardigital.uol