quinta-feira, janeiro 15

Baterias descartadas de laptops podem ser usadas para iluminar casas




Não é pequena a quantidade de baterias de laptops descartadas anualmente: são cerca de 50 milhões de unidades, que não têm um destino muito claro depois que deixam as casas de seus usuários. Mas os pesquisadores IBM tem uma proposta interessante: usá-las para iluminar residências em países subdesenvolvidos.


De acordo com o resultado do estudo, realizado na Índia, pelo menos 70% das baterias descartadas ainda tem capacidade suficiente para alimentar uma lâmpada de LED durante quatro horas por dia durante um ano inteiro.



A ideia empolga bastante os pesquisadores, já que os custos seriam bem inferiores ao uso de paineis solares com baterias recarregáveis. “O componente mais caro para estes sistemas normalmente é a bateria. Neste caso, a parte mais cara está vindo do lixo”, diz Vikas Chandan, cientista no Smarter Energy Group, que liderou o projeto.



O trabalho foi feito com a RadioStudio, uma empresa de pesquisas em hardware. Eles removeram e testaram individualmente as células internas das baterias descartadas para selecionar as que ainda poderiam ser utilizadas. Elas foram recombinadas, ajustads e entregues para testes para cinco pessoas que viviam em favelas de Bangalore. Três meses depois, as respostas foram positivas, mas a solicitação mais comum foram cabos resistentes a ratos e lâmpadas mais brilhantes. O plano já está sendo revisado.



A IBM diz não ter planos de transformar a proposta em um negócio, e que a tecnologia deve ser oferecida gratuitamente para os países pobres.