sexta-feira, dezembro 5

GESTÃO DE PESSOAS: Habilidades E Competências

Tratar de um tema tão rico como habilidade e competencia do empregado traduz numa inspiração que transcende esta desrição

Tratar sobe uma tema de tamanha relevância para o mercado empresarial e em especial para a área de RH é extremamente gratificante e instigante. Habilidades e Competência do colaborador na empresa é de sua importância para entendermos o desenrolar de uma empresa e seu crescimento juntamente com a parceria do seu representante principal, o colaborador, este que veste a camisa do estabelecimento mas que também é valorizado e estigado por sua habilidade e sua competência em particular. 

Descobrir a habilidade de um colocaborador de uma empresa não é uma tarefa tão simples como também é possível avaliar e observar através dos talento queo mesmo expressa ao longo da sua trajetória na empresa. 

José Roberto Marques diz que “O mercado está cada vez mais competitivo e muitas empresas investem em programas de treinamento corporativo e no desenvolvimento do capital humano para se destacar. Estes se referem ao aprimoramento de habilidades e competências tanto no âmbito pessoal quanto no profissional de cada colaborador.É a chave essencial para aumentar a produtividade, aprimorar as habilidades e as competências de cada equipe para obter mais Resultados Extraordinários. Além disso, essa aplicação serve para descobrir talentos e capacidades, dando assim uma maior contribuição para o líder designar melhor a tarefa de cada um.E quando falamos nesse tipo de exercício não podemos deixar de falar em coaching. Esse por sua vez é um processo dedesenvolvimento humano, que utiliza técnicas e ferramentas visando o alcance de resultados de forma otimizada”. Fonte:http://www.rh.com.br/Portal/Desenvolvimento/Coluna_IBC/8353/desenvolvendo-competencias-e-habilidades.html-Data: 03/08/2014

Esta dinâmica da empresa é de suma importância para que o empregador conheça e naturalmente estimule o potencial e a competência exclusiva daquele trabalhador, diversas habilidades podem aqui ser apresentadas em relação ao empregado de uma empresa, de um ser humano que é uno, tem a sua peculiaridade, a sua particularidade, é um ser capaz, inovador e naturalmente contribui de forma grandiosa para o exercício de crescimento da empresa, claro que apresentando ao longo do seu contato com a sua atividades habilidades que lhe são próprias.

A competência do empregado, a sua iniciativa, a sua celeridade em resolver os conflitos básicos e complexos da empresa lhe é próprio, é seu. Como também, este colaborador foi treinado para resolver conflitos, mas não adianta só treinar e preparar se este não tem em si também a habilidade, a ferramenta natural de iniciativa, de fazer, de se importar. 

Esta competência também tem de ser estimulada, tem que ser trabalhada, incentivada, lapidada. O empregador tem naturalmente uma parcela importante neste desenvolvimento deste empregado, pois a sua ação em estimular, em acreditar que este empregado é capaz e tem o seu devido valor, que o mesmo acredita no seu potencial de trabalho tem a sua parcela de contribuição de crescimento e desenvolvimento desta habilidade e competência.

Habilidade (do latim habilitate) é o grau de competência de um sujeito concreto frente a um determinado objetivo. (...).Segundo Voltaire ter habilidade significa ser "mais do que capaz, mais do que instruído", pois mesmo aquele que houver lido e presenciado tudo sobre um determinado assunto, pode não ser capaz de reproduzir a ação na prática com êxito. Habilidade assim, seria um indicativo de capacidade, particularmente na produção de soluções para um problema específico.Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Habilidade. Data: 03/08/2014.



Todo ser humano é dotado de personalidade, de habilidades e competências múltiplas, próprias, cada um com sua riqueza própria. Não tenhamos dúvidas quanto a isto, mas tudo isto tem que ser estimulado, tem que ser estigado, tem que ser de certo modo revelado ao outro. 

A fala do empregador, o seu dizer o quanto o seu colaborador é capaz é de fundamental relevância, muito contribui para mostrar o quanto este que se desenvolve gradativamente na empresa é importante, é capaz, que ele pode, que ele tem potenciais que vão além do que ele imagina.

Tudo isto é grandioso e ao mesmo tempo gratificante para a autoestima do mesmo, do empregado que aos poucos vai se descobrindo, se descortinado e vivenciando potenciais e competências que antes este nem imaginava possuir. 

Todo ser humano é dotado de personalidade própria, tem o seu valor, a capacidade de fazer e fazer sempre. Quando o indivíduo se descobre nas suas habilidades e competências próprias este vai além, consegue através do gatilho da sua potencialidade alçar grandes altitudes, pois este não tem medo ousar, de fazer, acredita que é capaz que tem múltiplas habilidades, vivenciar o que chamamos hoje a flexibilização e compreensão de que a empresa é uma estrutura de uma composição de interdisciplinaridade.





FONTE: RHPortal